AgroConsciente é o novo projeto do Governo de Santa Catarina

Santa Catarina – AgroConsciente é a nova diretriz para a elaboração de políticas públicas e ações voltadas para o agronegócio. A intenção é oportunizar mais renda ao produtor rural, com maior segurança alimentar à população e minimizando os impactos ao meio ambiente. A Secretaria da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural pretende investir mais de R$ 40 milhões no cuidado com o solo, melhorias sustentáveis no processo produtivo e sistemas alternativos de produção, buscando a competitividade e rentabilidade da agricultura e pesca catarinenses. As ações de pesquisa, extensão rural, defesa agropecuária e apoio a comercialização também estarão alinhadas com o Projeto.

O secretário adjunto Ricardo Miotto explica que o AgroCosciente dá um novo olhar para os programas e ações da Secretaria da Agricultura e suas empresas vinculadas (Epagri, Cidasc e Ceasa). “Vamos rever os programas atuais e em execução e dar um novo olhar sob a ótica do AgroConsciente. Isso tudo sempre pensando na qualidade do alimento produzido, na sustentabilidade ambiental e na geração de renda e riqueza para o produtor. Visando a manutenção do jovem no campo, na melhoria de qualidade de vida, com inovação e tecnologia. Esses são os pilares do AgroConsciente”.

Equipamentos

Para fortalecer a agricultura familiar em Santa Catarina, a Secretaria da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural cedeu 498 equipamentos e implementos agrícolas para as prefeituras. Foram R$ 25,3 milhões em recursos do Governo do Estado e de emendas parlamentares.

Fortalecimento da pesca e maricultura

A Secretaria da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural se aproximou do setor produtivo para fortalecer a aquicultura e pesca em Santa Catarina. Entre as ações em andamento estão a estruturação das cadeias produtivas, a rastreabilidade dos produtos e o apoio na criação de regulamentações que tragam mais segurança ao setor.

“A pesca tem um papel fundamental na economia de Santa Catarina, são milhares de famílias que se dedicam a essa atividade. O setor está passando por grandes transformações e nós queremos contribuir para seu fortalecimento e organização”, afirma Ricardo de Gouvêa.

A Secretaria da Agricultura trabalha em oito projetos para captação de recursos do Governo Federal em prol do fortalecimento da pesca e aquicultura. Este ano, foram investidos R$ 720 mil em apoio a estruturação de cooperativas e frigorífico de ostras e de infraestrutura para o setor pesqueiro.

Infos: Ana Ceron | Foto: Ricardo Wolffenbüttel/Secom