Coronavírus: Rio Rufino registra o primeiro caso

Rio Rufino – Moradores de Rio Rufino, na Serra Catarinense, amanheceram preocupados, ontem, diante do primeiro caso confirmado da Covid-19 na cidade, provocado pelo novo coronavírus. A notícia pegou de surpresa os cerca de 2,5 mil habitantes do município. Autoridades de saúde locais reforçam orientações para que as pessoas tomem cuidado para prevenir a doença.

O caso confirmado é de um homem de 63 anos, que está internado no Hospital Nossa Senhora dos Prazeres (HNSP), em Lages, desde a última sexta-feira (3). De acordo com a secretária de Saúde de Rio Rufino, Sandra Oderdenge Arruda, ele reside no interior município. O paciente não tem histórico de viagem no mês de março, e a origem da infecção ainda é desconhecida.

Sandra explica que o paciente foi atendido na unidade básica de saúde do município no último dia 31. Ele apresentava sintomas leves de gripe e infecção urinária. Foi medicado e encaminhado para casa, no entanto, depois de dois dias, ele veio a Lages, por conta própria, para realizar consulta médica e exames particulares.

Os exames, conta a secretária, mostraram uma mancha pequena no pulmão do paciente. Por conta disso, o homem foi encaminhado ao hospital, onde a doença foi diagnosticada após novos exames. Ele está isolado na ala exclusiva para atender a pacientes com a Covid-19, e o estado de saúde dele é estável.

Conforme Sandra, não há informações sobre como o homem contraiu a doença. “O caso pegou todos os moradores de surpresa, e o clima aqui é de pânico. Estamos levantando informações para entender como houve a contaminação” declarou a secretária, destacando que homem mora com outras quatro pessoas da família e todas elas estão sendo monitoradas.

Ela afirma que as autoridades de Rio Rufino tomaram todas as providências para evitar a propagação da doença no município. Um decreto municipal, que trata sobre as medidas de prevenção ao coronavírus, está em vigor no município. “Recomendamos que as pessoas não façam aglomerações, evitem receber visitas e tomem cuidados, como usar máscaras, para prevenir a doença”, orienta Sandra.

Serra tem sete casos de coronavírus

O caso de coronavírus em Rio Rufino é o sétimo na Serra Catarinense. A região já tem cinco registros da doença em Lages, todos contraídos fora do país ou em outros estados brasileiros, e um em Anita Garibaldi. O aumento do número de casos na região está fazendo com que alguns municípios adotem medidas extremas de prevenção, como o fechamento de estradas, para deter contágio.

Em Urupema, vizinho de Rio Rufino, a prefeitura anunciou em sua conta no Facebook um esquema de monitoramento de circulação de pessoas. A ação resultou no fechamento de todos os acessos secundários da parte urbana do município, deixando a Avenida Juvelino Vieira de Souza (trevo) como único acesso à região central da cidade.

O monitoramento, justifica a prefeitura, tem por objetivo orientar as pessoas que estão em circulação pela cidade que permaneçam em suas residências e evitem aglomerações; controlar o número de pessoas de outras regiões, além de passar informações para a população sobre as medidas de prevenção para minimizar a contaminação comunitária do coronavírus.