Ernani Palma Ribeiro no Episódio do show dos Doces Bárbaros em Florianópolis (1976)

Por Ismênia Ribeiro Schneider e Cristiane Budde

Dedicamos a matéria de hoje para relembrar um episódio ocorrido em 1976, em Florianópolis, mas que repercutiu em todo o Brasil e, inclusive, no exterior. O acontecimento envolveu a vinda do quarteto “Doces Bárbaros”, composto por Gilberto Gil, Caetano Veloso, Maria Bethânia e Gal Costa, para um show no Clube Doze de Agosto, além da participação significativa de um personagem conhecido da família Ribeiro, Ernani Palma Ribeiro, na época, juiz da 1ª Vara Criminal da Capital.

No referido ano, o grupo de cantores fazia uma turnê pelo Brasil, tendo Florianópolis como uma das cidades destino. No entanto, antes mesmo de o show acontecer, Gilberto Gil acabou sendo preso num quarto de hotel da Avenida Hercílio Luz, por portar cigarro de maconha. O baterista Chiquinho também foi autuado e levado à cadeia pública. Graças à intervenção do juiz Ernani Palma Ribeiro, o caso teve um desfecho díspar, considerado por muitos como uma “saída honrosa” para a situação desencadeada pelo delegado Elói Gonçalves de Azevedo[i]. O juiz, ao receber o pedido de Habeas Corpus, permitiu, além da realização do espetáculo previsto, a substituição da pena de um ano de reclusão pela internação psiquiátrica para tratamento.

Leia mais: Clique Aqui