Parabéns São Joaquim

Sex, 07 de Maio de 2010 18:19

Por Toninho Goulart

São Joaquim 123 anos – Uma missa na matriz agora de manhã, às 10h celebra mais de um século de história do município. Sabe lá se Manoel Joaquim Pinto, ao passar, exatamente neste dia 7 de Maio imaginaria que o chão onde ele pisou se tornaria mais tarde uma das maiores referências do país.

Tanto em turismo, economia, produção, hospitalidade e simplesmente um lugar bom para se viver e curtir a vida. Numa paz de sossego, cheio de amigos e tudo mais. São Joaquim localiza-se a uma altitude de 1.353 metros. Tem aproximados seus 24 mil habitantes, um pouco mais, um pouco menos. Sua diversidade étnica é composta principalmente por descendentes de portugueses, africanos, alemães, italianos e japoneses. E temos gente de outros estados, como Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo, Pernambuco entre outros. Temos aqui a Festa Nacional da Maçã, frequentada por muitos turistas, que apreciam sua gastronomia, sua hospitalidade e seu clima frio. Já produzimos uva e vinhos de altitude, qualidade como os melhores do mundo.
Muita coisa mudou Manoel! A cidade foi colonizada por descendentes de portugueses e espanhóis vindos do Rio Grande do Sul e de São Paulo, a partir de 1750. Depois de se fixarem na região, eles fundaram grandes fazendas de gado, que serviam de pouso aos tropeiros que levavam gado do sul para o interior do País. A partir de 1873, com a fundação da freguesia de São Joaquim do Cruzeiro da Costa da Serra, a região recebeu descendentes de alemães e italianos, que se integraram ao processo de colonização. Em agosto de 1886, a freguesia tornou-se vila, emancipando-se em 7 de maio de 1887.

 A temperatura média anual é de 13°C. O mês mais quente é janeiro, com temperatura média de 17°C, enquanto o mês mais frio é julho, com média de 9°C. Durante os meses de inverno, é comum a ocorrência de geadas e ocasionalmente, nos dias de frio mais intenso, ocorrem precipitações de neve que, no entanto, não aparecem muitas vezes ao ano e poucas vezes são intensas, pois sua latitude é relativamente baixa para propiciar precipitações de neve mais abundantes e com maior frequência. E é esta gloriosa São Joaquim que nos remete a alguns fatos interessantes. São 123 anos de peleia.

O “velho Maneco” também não imaginava que esta data fosse dar tanta dor de cabeça, justamente agora, para alguns de seus ascendentes. Vou te contar Manoel: “Há uma semana tivemos aqui, mais precisamente na Câmara de Vereadores, uma discussão acirrada para mudar a data do feriado de hoje para outro dia. Calma, Maneco! Nada que desmentisse você e sua trupe. Na verdade, o segmento lojista queria que o comércio funcionasse hoje, tendo em vista a proximidade com o Dia das Mães. Aparte vai, aparte vem, chegaram a um acordo: os vereadores autorizaram o prefeito a baixar um decreto para abertura do comércio e, a folga dos funcionários, seria transferida para outro dia. Não deu outra, veio! Sem justa causa, segundo uma vereadora daqui, optou-se por fazer feriado. Alguém questionou o seguinte, parceiro: mas ele tinha que aparecer aqui justamente em véspera do dia das mães? Teve gente que até pensou que nem tivestes mãe. Veja só que coisa séria! Deixamos isso pra lá. O que importa agora, é que te agradecemos por um dia teres passado por aqui e deixado tua marca, tua semente.

E tenha certeza, “Maneco”, nós iremos crescer muito mais do que já somos.
Viva nós, viva Tu e viva São Joaquim”.

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

2011 Rodrigo Produções Internet Design - Tecnologia Progressiva para a Internet