Prefeituras da Serra Catarinense paralizam em protesto

Seg, 17 de Maio de 2010 18:18

Em São Joaquim apenas os setores de saúde, limpeza pública e exatoria vão funcionar nos três dias de paralisaçãoRegião Serrana – Cheias de dívidas, dinheiro escasso e praticamente isoladas tanto pelo governo federal como estadual, 17 prefeituras filiadas à Associação dos Municípios da Região Serrana, decidiram paralisar as atividades hoje até quarta-feira.

Os temas escolhidos foram “Mais dignidade e respeito aos municípios” e “Também somos entes federados”. A medida tomada ocorre junto com a13ª Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, que acontecerá dia 18. Lages não adere à paralisação. Mesmo assim dará apoio aos demais municípios. A paralisação vai atingir uma população em torno de 134 mil. Maior bronca dos prefeitos, principalmente de municípios pequenos, é a redução no FMP – Fundo de Participação dos Municípios – que caiu em média 15%. Outra reclamação pertinente é a retenção do Fundo de Manutenção da Educação Básica - Fundeb – que passou de 15% para 20% na fonte do Fundo.

Os prefeitos, como Nérito de Souza, de São Joaquim, estão intrigados porque não receberam compensação, após os municípios assumirem e ensino na educação infantil. Eles alegam que pagam o piso dos professores e transportam a criançada com veículos municipais. Eles não perdoam ainda o fato de muitos convênios assinados com as Secretarias Regionais -SDRs – não terem sido colocados em prática. O prefeito de Cerro Negro e presidente da Amures José Delfes Furtado, comentou que “uma das armas que temos é reclamar e levar em frente nossas reivindicações”. Em Urubici, segundo vice-prefeito João Carlos de Oliveira, o Carlito, a paralisação “é uma meio de pressionar os governos em relação a repasses de recursos, como FPM”. A maior preocupação da comunidade é em relação a boatos de paralisação da obra de pavimentação da estrada que liga Urubici a serra do Corvo Branco. Segundo Carlito, hoje o prefeito Adilson Costa deve ir a Florianópolis para se interar do assunto.

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

2011 Rodrigo Produções Internet Design - Tecnologia Progressiva para a Internet