Pilotos testam pista do arrancadão

Publicado por Anselmo Nascimento
PDF
Imprimir
Seg, 25 de Setembro de 2017 10:37

Lages - Esta quase pronta a estrutura para a quarta etapa da Copa Santa Catarina de Arrancadão de Caminhões, prova JZago, etapa de 

Lages, que vai ser realizada nos dias 14 e 15 de outubro, na pista da localidade de Pedras Brancas. A etapa de Lages 6 a semifinal, a última prova sera nos dias 18 e 19 de novembro em Balneário Camboriú. Os camarotes e arquibancadas estão sendo montados e o acesso a pista, na SC-114, sera feito durante esta semana, mais as sinalizações. Um sistema de irrigação da pista estava sendo testado, e mais a compactação do solo deve ser feita ate o dia da prova.

Neste sábado, ocorreram as primeiros treinos livres e os pilotos puderam testar a pista e acertar os motores dos caminhões. 0 primeiro a testar foi Jorge Peterle, de 70 anos, de Anita Garibaldi, que ha nave disputa profissionalmente. Ele  correu três vezes na etapa de Lages. Seu neto, Cristiano Peterle, corre na categoria força livre ha cinco anos. E uma paixão que esta no sangue e os dois dividem o mesmo caminhão.

Segundo Chicão, um dos organizadores, já são 45 inscritos para as categorias profissionais e 2 para amador. Vale ressaltar que muitos pilotos fazem a inscrição na hora da prova. Estima-se que cerca de 1.350 pessoas das equipes dos pilotos estarão envolvidas. Serão disputadas seis categorias: cavalo mecanico ate 720 cavalos, protótipos, desafio, original, toco, truck e força livre.

No dia 14 de outubro, sábado, das 10 as 14 horas, sera° os treinos livres, e em seguida começa a prova e no dia 15, as baterias começam as 15 horas. Este ano, sera° homenageados alguns pilotos que se destacaram ao longo da história do automobilismo em Lages, a exempla de Plinio Luersen, que foi um dos (cones das corridas de ruas na década de 60, em Lages.

O proprietário da pista, Domingos Valente, ressalta que a pista lageana 6 uma das melhores do estado em segurança e metragem. Por isso, a sua intenção é o apoio entre parceria publico-­privada para trazer etapas de campeonatos brasileiros. Ele explica que já ha no terreno um circuito de 2.100 metros, que comporta provas como o Catarinense de Velocidade na Terra.

Info: Correio Lageano 

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

2011 Rodrigo Produções Internet Design - Tecnologia Progressiva para a Internet