Waldemar Bathke: entusiasta do desenvolvimento de São Joaquim

Ter, 16 de Agosto de 2011 13:51

Waldemar Bathke: divulgador de São JoaquimSão Joaquim - No dia de hoje, 16 de agosto de 2011, um dos grandes entusiastas da maçã e do turismo em São Joaquim completaria 100 anos. Waldemar Bathke, com os recursos disponíveis em sua época, foi pioneiro na produção de cartões postais e em ideias como a realização anual da Festa da Maçã para divulgar o que São Joaquim possui de melhor.
 Com profundo respeito por São Joaquim e sua população, Waldemar Bathke, descendente de alemães, aprendeu com seu pai, Paulo Bathke, que São Joaquim é uma terra que gera bons frutos. “Waldemar Bathke herdou de seu pai a paixão e o respeito pela terra joaquinense, cultivando esses valores por toda a sua vida”, afirmou Dagmar Lima Bathke, filha do entusiasta.

Para o futuro de São Joaquim, o joaquinense sonhava com a cidade repleta de turistas tanto no inverno, para apreciar as belas paisagens cobertas pela neve, como no verão, para aproveitar o clima ameno. Para que este futuro se tornasse realidade, Waldemar ajudou São Joaquim a ser conhecida nacionalmente.
 Em viagens para reuniões com autoridades levava fotografias com as macieiras carregadas de frutas e dos campos cobertos pela neve, como a que aconteceu em 1957. “Desde cedo, meu pai teve uma visão ampla do futuro de São Joaquim, como produtor e exportador de maçãs e como uma terra de turismo com seus invernos de baixa temperatura e as neves”, destacou Dagmar.
 Além disso, quando realizava viagens a Curitiba ou ao Rio de Janeiro, passava em cada emissora e jornal entregando os postais da terra da neve e falava aos jornalistas dos potenciais de um lugar com clima europeu que produzia as melhores maçãs do país.
 Alguns dos sonhos do senhor Waldemar se concretizaram como a realização da Festa Nacional da Maçã e São Joaquim como uma grande produtora de maçãs de qualidade. Com relação ao turismo, as previsões e trabalhos do joaquinense também geraram frutos, já que a atividade a cada ano cresce e se consolida.
 Ao completar 100 anos de seu nascimento, Waldemar Bathke é lembrado por amar São Joaquim e por realmente acreditar neste lugar. O joaquinense faleceu aos 84 anos sonhando e trabalhando para que São Joaquim fosse cada vez melhor.

 Por: Roseane Ribeiro Sobânia - SC 02952 JP

 

 

 

Comentários 

 
0 #1 Silvio Silveira Filh 21-10-2012 14:53
Sempre valorizei o trabalho deste nobre Joaquinense, se fosse possivel regatar as fotos que ele possuia em seu acervo seria bom...
Abraços
Citar
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

2011 Rodrigo Produções Internet Design - Tecnologia Progressiva para a Internet