"São Joaquim nas 4 Estações", Um Roteiro Imperdível!

Qua, 09 de Novembro de 2011 21:10

Atendendo uma solicitação de amigos, repasso aos Joaquinenses a íntegra do Texto elaborado pela Professora Suzi Aguiar, que complementou o belíssimo Vídeo institucional "São Joaquim Nas 4 Estações", parabenizo a Professora pela competência e sensibilidade utilizada em suas palavras, carregadas de amor por nossa querida terra. Segue o texto abaixo na íntegra:

São Joaquim... um roteiro imperdível!

A principal parada da rota do frio!!!

Conhecer São Joaquim...

um sonho para ser sonhado e... realizado!

Clique e veja o video

Vem, chegue ao pé da Serra do Rio do Rastro, o portal de entrada para o turismo do frio...

Já nas primeiras curvas na estrada íngreme que corta os imponentes cânions, constata-se a magnitude da região formada pelas cidades de Bom Jardim da Serra, São Joaquim, Urupema e Urubici, que juntas acolhem turistas do mundo inteiro.

A paisagem deslumbrante da Serra é a porta de entrada para toda a região, onde está São Joaquim, a cidade mais fria do Brasil, roteiro de uma viagem inesquecível para todos, mas com um toque de sublimação para os apaixonados e para os amantes da natureza;

A vegetação densa cobre a paisagem com diferentes tons verdes, num delicado mosaico.  Ao longo do percurso, águas límpidas descem as encostas como um fino véu e caem nos braços da terra, que as acolhe para a mansidão. E o arco-íris desponta... imponente!  É o criador mostrando sua magnitude...

Deixando essa beleza para um contínuo recordar,segue-se por caminhos delineados pela Mata Atlântica do Parque Nacional de São Joaquim, onde a exuberância do verde intenso das árvores, arbustos e araucárias centenárias abriga a gralha azul... A ave nativa enterra o pinhão e garante o reflorestamento natural. Vale à pena conhecer também o mirante dos pinheiros!

A poucos quilômetros do centro, o turista pode praticar a tirolesa e o arborismo, e curtir uma vista panorâmica de beleza rara, com árvores nativas, uma floresta com xaxins de mais de três metros de altura e riachos de águas cristalinas. Um presente encantador!

São Joaquim, onde a natureza é o grande espetáculo, também se destaca no turismo da observação de aves, o Birdwatching. Admirar os delicados beija-flores, os canarinhos,ou  as grandes  curucacas que enfeitam os pinheiros, trás calma e prazer!

No entardecer, mais uma atração ímpar!O céu muito azul vai mudando as nuanças. e se misturando aos tons amarelos, alaranjados e vermelhos profundos. É a natureza nos presenteando com um maravilhoso por do sol, que, como bola de fogo, mergulha na negritude, num magnífico “gran finale”. Tudo isso, para dar lugar à lua prateada que a tudo ilumina e a todos encanta, fazendo da noite, mais uma contemplação imperdível.

Pelas ruas é comum encontrar o homem campeiro, que faz da “lida” do campo o seu sustento. E assim, o cavaleiro, o cavalo, o boi e o laço se misturam fazendo da rotina e lazer um dueto para cultivar as tradições e repassá-las às próximas gerações. O amor pelos costumes e o gosto pelas danças típicas são incentivados desde o berço pelas famílias tradicionalistas, que não deixam morrer as práticas herdadas de seus antepassados.

Aqui, caro visitante, você pode se deliciar com o típico churrasco de carne bovina e ovina; pode experimentar o nosso carreteiro de frescal, carne muito apreciada também para assar ao forno e ser saboreada com moranga caramelada. Ou ainda, se for adepto das carnes brancas, pode provar uma truta pescada na hora, ingrediente para exóticos e saborosos pratos.

No despertar das manhãs e finais de tardes, você pode apreciar o convidativo aroma do café com mistura. Nas noites frias, um programa imperdível é saborear um foundue acompanhado de um dos vinhos produzidos na cidade, em frente ao crepitante fogo de lareira. Um programa apaixonante!

Um passeio interessante é conhecer o monumento ao lado da Prefeitura Municipal, que conta a saga dos tropeiros e a história da cidade em ricos detalhes entalhados em madeira e pedra.

A igreja matriz, cartão postal do município, cuja construção em pedra basáltica teve inicio em 1918, acolhe as preces daqueles que a visitam, enquanto a praça e arredores expõem obras do escultor Élson Outuki, que adotou são Joaquim como sua e esculpiu em pedra ferro  a devoção e também o reconhecimento do povo aos cidadãos ilustres.

Ainda no perímetro urbano você pode conhecer as três paleotocas que foram descobertas recentemente e já foram confirmadas cientificamente como moradas de tatus gigantes pré-históricos.

Outro passeio imperdível é ver a florada das macieiras! Um presente que enche os olhos... Colher a maçã é um encanto! Mesmo as árvores pequenas ficam carregadas de frutas vermelhas que podem ser apanhadas até por crianças!

Embora São Joaquim não seja o maior produtor, tem a maçã de melhor qualidade do país devido as mais de 700 horas de frio abaixo de 7º graus, durante o inverno.  Frio que aqui pode ser sentido em toda parte, sem que se necessite subir aos mais altos picos. Um diferencial da cidade!

Você pode visitar cooperativas de grande expressão no segmento de produção e distribuição de frutas de clima temperado. Encontra além das variedades de maçãs produzidas, diferentes souvenires e os sofisticados vinhos finos de produção própria e você pode também acompanhar o processo de classificação e descarte de maçãs.

Em São Joaquim, cresce o turismo no ramo da vitivinicultura. A cidade atualmente conta com seis requintadas vinícolas que apostaram no cultivo de uvas para a fabricação de vinhos finos de altitude, empregando as mais altas tecnologias para obter-se o máximo e preservar as características únicas das uvas produzidas, o que já rendeu a todas, importantes prêmios nacionais.

Recentemente foi lançado no mercado o icewine, vinho licoroso, de sobremesa...

que nasce antes mesmo da colheita! No final do outono,  com o registro de temperaturas já em torno de 7 graus negativos, as parreiras em cores ocres guardam uvas da variedade Cabernet Sauvignon.

Estas, já maduras, são colhidas somente na madrugada, quando o frio congela os grãos naturalmente. É o inicio da produção desta obra prima! Único produzido na America Latina.  Um vinho de meditação... um encanto aos mais apurados paladares!

As margens da estrada, escondida entre a vegetação está à maior vinícola da América Latina. uma jóia rara.! Sua decoração conta com preciosidades de diferentes países, uma permanente exposição cravada na sua estrutura. No hall de entrada funciona uma galeria de artes, que inclusive já contou com mostras organizadas pela Senhora Lili Marinho.

Você ainda pode participar da pesca de garrafas de vinhos na correnteza do rio Lavatudo. De um deque montado às margens do rio, os visitantes com tarrafas se lançam nesta divertida aventura. Um programa imperdível organizado por uma das vinícolas da cidade.

Mas é a natureza quem oferece a maior atração,  pintando de cores diferentes à mesma paisagem, deixando-a sempre muito bela! Por isto, cresce o turismo das quatro estações. É a simplicidade do lugar fazendo eco a beleza indescritível do universo!

Na primavera a florada das macieiras, ameixeiras, pessegueiros e, especialmente, das cerejeiras enchem os olhos do turista. E a cada ano aumenta o número de apaixonados pela Hanami, uma festa para contemplar a florada das cerejeirasm tradição trazida pelos imigrantes japoneses e que contagiou a todos!

O verão ameno e com temperaturas agradáveis dispensa o uso de ventiladores e ar- condicionados. A brisa fresca do dia se intensifica durante a noite e proporciona um tranquilo repousar, que encanta o turista que busca sossego

Os pomares de maçã enfeitam a paisagem em tons vermelhos. Visite-os! Colha a fruta e a saboreie!  É o pecado de Eva se repetindo... Impossível não prová-la! Nos parreirais, os cachos de um azul intenso, também incitam para o prazer.

No outono as cores se intensificam! Os diferentes tons vão dos vermelhos, passam pelos alaranjados até chegarem aos marrons. A natureza resplandece, mostrando em cada detalhe a magnitude da criação! São as árvores despindo-se lentamente num magnífico espetáculo. São os álamos esguios, os plátanos cujas folhas vermelhas encantam, especialmente quando caem embaladas pelo vento e repousam na água cristalina dos riachos. A relva verdinha dá lugar ao capim ressecado pelo frio, que já mostra intensidade. Nos vinhedos, as últimas frutas colhidas serão matéria-prima para vinhos raros.

O inverno queima a vegetação. As temperaturas negativas são constantes e a sensação térmica pode chegar a 20º graus negativos.  À noite, quando o frio é ainda mais intenso, o orvalho congela. Parece que um fino manto branco é estendido sobre os campos, as praças e os quintais. É a geada, fenômeno tão comum para os serranos, se fazendo presente para confirmar a beleza do lugar! As madrugadas extremamente frias congelam as águas dos lagos e pequenas cachoeiras. Nas árvores, cristais de gelo criam formas incríveis!  As lindas e centenárias taipas de pedras, construídas com a força e o talento do homem campeiro, ganham vestimenta!

O amanhecer dos dias de geada fica ainda mais belo quando, logo cedo,  o céu fica de um azul muito forte e o sol reflete nas poças congeladas formando raios de luz. Verdadeira obra de arte!

Frio... Muito frio! Este é o maior tesouro de São Joaquim! Presente de Deus que a todos encanta, especialmente quando milhares de flocos de neve caem como se fossem minúsculas penas dançando uma valsa de Strauss. Os capuchos caem um a um nos campos, cercas, casas, ruas e carros formando um macio e espesso tapete, para a alegria dos moradores e euforia dos turistas na construção dos seus bonecos de neve.

Vem para São Joaquim! Vem conhecer a neve, o mais belo e emocionante espetáculo da natureza!

Vem sentir muito frio!  Aqui, o calor humano vai te aquecer!

Tal qual floco de neve, o povo se une para te propiciar um passeio inesquecível!

Para aproveitar ao máximo a sua viagem, consulte as agencias de turismo ou o portal turístico da cidade. Aproveite para conhecer outras cidades da região que também possuem belas atrações!

 

Texto: Suzi Aguiar

 

 

 

 
2011 Rodrigo Produções Internet Design - Tecnologia Progressiva para a Internet