Estação Cultural leva apresentações e oficinas a 50 municípios de SC

Publicado por Anselmo Nascimento
PDF
Imprimir
Seg, 05 de Fevereiro de 2018 12:47
São Joaquim - Está de volta a programação do projeto itinerante Estação Cultural, promovido pela Fundação Catarinense de Cultura (FCC),
que leva 150 atividades entre apresentações artísticas e oficinas a 50 cidades de Santa Catarina de fevereiro a abril de 2018. A iniciativa é uma parceria entre a FCC e as prefeituras municipais que receberão as atrações.

A programação de fevereiro passará por 23 municípios a partir do dia 15. Receberão as atividades do Estação Cultural neste primeiro mês as cidades de São Miguel do Oeste, Fraiburgo, Rancho Queimado, Brusque, São Francisco do Sul, Imbituba, Urubici, Criciúma, Balneário Camboriu, Chapecó, Caçador, São Joaquim, Lages, Irani, Jaraguá do Sul, Palmitos, Taió, São Bento do Sul, Treze Tílias, Ituporanga, Garopaba, Canoinhas e Quilombo.

O Estação Cultural deu início às suas atividades com apresentações culturais no mês de dezembro de 2017 em cinco cidades: Garopaba, Ituporanga, Quilombo, São Lourenço do Oeste e Lages. Agora, os municípios receberão, também, oficinas com foco em diversos segmentos artísticos como música, literatura, dança, patrimônio, entre outros. Para participar das oficinas, os interessados devem entrar em contato diretamente com o departamento de Cultura de cada município para mais informações.

A iniciativa da FCC é embrião de uma política pública que visa a democratização do acesso às atividades culturais, com através de abrangência estadual. O objetivo da FCC é contribuir para atrair diversos tipos de públicos, valorizando ações que fomentem a reflexões e a discussão dos temas abordados e possibilitando a troca de linguagens artísticas e culturais entre as regiões catarinenses. "O Estação é um projeto de circulação, integração e de estímulo à produção cultural catarinense. São mais de 150 projetos selecionados, mobilizando todas as regiões catarinenses, levando as mais variadas formas de expressão artísticas e também de conhecimento, por meio de oficinas. O que o projeto busca é a valorização do nosso artista, da sua produção e também a formação de público no Estado", explica o presidente da FCC, Rodolfo Joaquim Pinto da Luz.

Confira a programação para a cidade de São Joaquim:

O quê: Retratos do Choro Catarinense
Data: 18/02/2018
Hora: 19h
Local: Centro de Eventos Newton Stelio Fontanella
Sinopse: A apresentação "Retratos do Choro Catarinense" proporcionará aos ouvintes a apreciação dos diferentes estilos musicais que compõem o Choro, tais como o maxixe, polca, choro-canção, choro-samba, valsas e suas variáveis compostos por músicos catarinenses. 
No repertório estão choros de compositores catarinenses do passado como Aldo Krieger, José Cardoso, Guilherme Silveira além de novos "chorões" de Santa Catarina, como Geraldo Vargas, Ricardo Pauletti, Wagner Segura, Bernardo Sens entre tantos outros que vem lançando composições dentro do estilo e se destacando em seus instrumentos, preservando as características das suas raízes, mas com um toque de modernidade nas harmonias, melodias e interpretação.

O que: Oficina de Confecção e Manipulação de Malabares
Data: 22/02 e 23/02/2018
Hora: 14h às 18h
Local: Centro de Eventos Newton Stelio Fontanella
Sinopse: Nesta Oficina será demonstrado como confeccionar alguns tipos de malabares, tais como, bolinhas, claves e bambolês, com material reciclável e de baixo custo. Além da confecção será ensinada as técnicas básicas de manipulação dos mesmos, assim como técnicas acrobáticas mescladas ao malabares tais como portagens, equilíbrios em segunda altura e pirâmides em grupo.
Faixa etária a partir de 11 anos.

O que: Espetáculo Equilíbrio
Data: 24/02/2018
Hora: 19h
Local: Centro de Eventos Newton Stelio Fontanella
Sinopse: Entre no mundo imaginário da Fada Maluca e o Bobo Loko, onde a única regra é brincar e sonhar! Um mundo onde a busca pelo equilíbrio em pernas-de-pau é desafiado com movimentos acrobáticos, e o monociclo é o principal meio de transporte! O malabarismo e tudo que é objeto para voar, claves, bolas, diabolê todos são arremessados no ar! E no meio de tanta diversão, acrobacias protagonizam imagens de leveza e beleza, além de mágicas que prendem e surpreendem quem olhar! O mundo encantado da Fada Maluca e do Bobo Loko, onde o virtuosismo dos movimentos e a dinâmica frenética promete tirar o fôlego da platéia! Trilha sonora constante e contagiante, com tons de suspense, alegria e adrenalina
 
 
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

2011 Rodrigo Produções Internet Design - Tecnologia Progressiva para a Internet