Inscrições da Senafrut encerram hoje

Publicado por Anselmo Nascimento
PDF
Imprimir
Qui, 07 de Junho de 2018 16:19
São Joaquim  - As inscrições para o 13º Seminário Nacional sobre Fruticultura de Clima Temperado (Senafrut), que acontece em São Joaquim, encerram-se hoje.
Entre os dias 12 e 14 de junho, a cidade recebe pesquisadores, estudantes, fruticultores, agrônomos e pesquisadores para um dos maiores eventos sobre fruticultura no Brasil.
O ingresso para o público em geral custa R$ 100 e para estudantes, R$ 60. As inscrições podem ser feitas pelo site ou na Epagri em São Joaquim. Após esta data, os interessados só poderão se inscrever no dia no evento.

Além de palestras nacionais e internacionais, terá exposições de produtos, serviços, máquinas e implementos com a participação de mais de 50 empresas ligadas ao setor.
De acordo com o gerente da Epagri em São Joaquim, Marcelo Cruz de Liz, esta é uma oportunidade para conhecer novas tecnologias, produtos, inovações e implementos com a maior mecanização das práticas culturais, uso de técnicas e produtos mais modernos e eficientes nos pomares.

Além da diminuição de custos, que proporcionem maior qualidade dos frutos e produtividade dos pomares e também uma fruticultura mais eficiente e profissional.
No evento, também será lançado o livro “A cultura da Feijoa”, também conhecida como goiaba serrana. O material é a reunião de dois anos de trabalho da Epagri de São Joaquim, que realizou levantamento sobre a cultura da fruta, desde a plantação até a colheita.

Para Marcelo, o evento é de extrema importância para o aumento do conhecimento técnico e tecnológico não só para técnicos e engenheiros agrônomos, mas para os fruticultores.
O gerente ressalta que é uma troca de experiência e uma forma consciente de tornar os agricultores mais profissionais e dar mais oportunidades. “É uma forma de quebrar paradigmas e oportunizar aos produtores a apresentação de palestras internacionais.”

Ele ressalta, também, que é uma grande oportunidade para que todos os envolvidos com a fruticultura temperada possam discutir as perspectivas e o futuro do setor, construir uma cultura mais organizada e competitiva para as próximas gerações, com respeito ao meio ambiente e de forma sustentada.
Oferecendo um produto mais seguro e saudável à mesa do consumidor,   que resulte em desenvolvimento econômico e social com qualidade de vida para toda sociedade catarinense e brasileira.

Serão abordados diversos temas nas 23 palestras programadas na área da fruticultura de clima temperado, com renomados palestrantes brasileiros e internacionais, especialmente sobre a cultura da maçã, abordando temas da atualidade como, O rural brasileiro: situação e tendências futuras; Comercialização e mercado da maçã no Brasil e no mundo; Fitorreguladores, adubação e fertirrigação na fruticultura; doenças e pragas da macieira como o cancro europeu, podridões, mancha foliar da gala e sarna da macieira; cobertura de pomares e mudanças climáticas e seu impacto na fruticultura; tecnologia de aplicação e manejo da macieira; enoturismo; cultura da Goiabeira-serrana, variedades de maçã e indicação geográfica.
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

2011 Rodrigo Produções Internet Design - Tecnologia Progressiva para a Internet