Secretária de Turismo de São Joaquim e Turismólogo participam da missão técnica de turismo

São Joaquim – Conhecer atrativos naturais e as vinícolas de Bento Gonçalves no Rio Grande do Sul, com objetivo de colher modelos e cases de sucesso possíveis de serem replicados na Serra Catarinense. É o principal objetivo de uma missão formada por 40 pessoas entre gestores municipais de turismo, empresários, produtores rurais, agentes de viagens e servidores ligados ao setor, dos 18 municípios da Serra Catarinense.

A secretaria de turismo de São Joaquim, Adriana Cechinel Schlichting e o Turismólogo, Marcelo Alves Di Jura, foram convocados para esta grande missão. A delegação embarcou para o Rio Grande do Sul, na madrugada desta sexta-feira (04) e permanece no estado vizinho por dois dias cumprindo uma extensa agenda. Custeada através de um projeto do Sistema Amures em parceria com o Sebrae, a missão passará também pela rota turística Caminhos de Pedra para conhecer os atrativos voltados ao resgate do patrimônio cultural dos imigrantes italianos que chegaram ao Rio Grande do Sul em 1875.

No roteiro da missão consta reunião para troca de experiências com a executiva da Associação de Turismo da Serra Nordeste – Atuaserra, que trabalha em parceria com hotéis, pousadas, restaurantes, cafés, vinícolas, atrativos turísticos, lojas, artesanato, parques, clubes, shopping, e entidades diversas na promoção do turismo.

Numa outra pauta, a reunião será para troca de experiências com a Associação Caminhos de Pedra. A missão quer conhecer o trabalho de fortalecimento da identidade cultural e patrimonial desenvolvido numa base comunitária do agroturismo. O relatório da missão deve ser apresentado aos gestores da Amures, na próxima assembleia de prefeitos.