Serra forma mais 55 protetores ambientais da Policia Ambiental

Serra Catarinense – Criado em 1999, o Programa Protetor Ambiental desenvolvido pela Polícia Militar Ambiental de Santa Catarina (PMSC) é capitaneado pela PMA e formou mais de 5.500 alunos. Na unidade de Lages, já são 979, e 55 alunos se formam este ano. Destes, 30 graduam-se em Otacílio Costa – sendo a quarta turma – em solenidade no dia 18 de novembro às 19h30 no Centro Ambiental Anilto Xavier.

Em São Joaquim, formam-se 25 protetores da 1ª turma, no dia 20 às 19h30, no auditório da EBB Martinho Haro.

O programa atende alunos entre 12 a 14 anos. Eles passam por uma prova seletiva escrita com base no conhecimento sobre meio ambiente. Os 25 melhores colocados ingressam no programa desenvolvido uma vez por semana, totalizando 180 horas entre março e novembro.

As aulas em Otacílio Costa acontecem na sede da 2ª Companhia do 6º Batalhão de Polícia Militar e as de São Joaquim na escola São José.

A soldado Katiane é quem ministra as aulas durante quatro horas, mais as saídas a campo. Os protetores ambientais recebem instruções diversas sobre o meio ambiente e viram multiplicadores. Depois de formados, eles podem participar do evento que envolvem o tema em suas escolas e na sua cidade. a exemplo de palestras.

Segundo o comandante da PMA em Lages, capitão PM Marco Antonio Marafon, os formandos ganham farda e coturno. “Eles são convidados para participar de ações sociais que envolvem e Polícia Ambiental”. A primeira turma em Lages se formou em 2003. O programa nasceu em Rio do Sul.

Por Bega Godóy – Correio Lageano