Trade de turismo da Serra Catarinense discutem desafios e estratégias

Serra Catarinense – A princípio, a equipe da Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina (Santur) reuniu-se com o representantes do trade turístico da Serra Catarinense, para tratar das ações que vêm sendo empreendidas para amenizar a crise do setor, gerada pela pandemia de Covid-19, e a gradual volta das atividades relacionadas ao turismo no estado. Assim sendo, participaram da videoconferência secretários de turismo, empresários, entidades da região e também representantes da Instância de Governança Regional (IGR).

Dessa forma, o presidente da Santur, Leandro Mané Ferrari, abriu a reunião e explicou que a equipe da Agência está à disposição para dialogar com as regiões e atender as demandas do setor durante este momento de distanciamento social. “De dato, estamos atuando em diferentes ações para fomentar, promover e divulgar todas as regiões turísticas de Santa Catarina. Sendo assim, estamos trabalhando muito forte o turismo regional e a Serra Catarinense é fundamental nesse sentido”, destacou Ferrari, que ainda reiterou que o foco da Santur é trabalhar conjuntamente com o trade para contornar a crise desencadeada pela pandemia de Covid-19.

Igualmente, durante a reunião, o diretor de Marketing da Santur, Carlos Eduardo de Sá, apresentou as diretrizes do programa que está sendo estruturado pela Agência para estimular o turismo regional em Santa Catarina. Desde já, o programa terá várias etapas, sendo que a primeira delas contempla a criação de um selo que será concedido aos estabelecimentos ou produtos turísticos do estado que adotam as boas práticas de combate à Covid-19. “Assim também, o próprio turista será o fiscal, observando se o estabelecimento ou o empreendimento está respeitando as normas sanitárias e oferecendo um diferencial para o turista catarinense”, disse.

Da mesma forma, a assessora de Turismo da Associação dos Municípios da Região Serrana (Amures), Ana Vieira, relatou que a Amures vem investindo em sustentabilidade e está desenvolvendo o Selo Serra Sustentável, que deverá ser lançado em novembro, durante a Convenção da Braztoa (Associação Brasileira das Operadoras de Turismo), que neste ano será sediada na região. Do mesmo modo, o presidente do Conselho de Turismo da Serra (Conserra), Eliseu Farias, destacou que a região reivindica especial atenção no que se refere ao turismo, porque a atividade que foi diretamente impactada pela crise gerada pela Covid-19. “Acresce que, a pandemia chegou justo quando iniciaria o período de maior movimento turístico na Serra”, frisou.

Em vista disso, o presidente da Santur informou ao grupo que estão em andamento importantes projetos da Serra, como o Mirante da Serra do Rio do Rastro e a conclusão do Caminho das Neves, este último realizado em parceria com a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade. Ainda, dentre as ações da Santur empreendidas para auxiliar o setor nesse momento de crise, Ferrari destacou a parceria com o Badesc para disponibilizar linhas de crédito para micro e pequenas empresas do setor, que correspondem a 90% das empresas de turismo na Serra. Além disso, acrescentou: “A Santur vem buscando novas parcerias para impulsionar outras ações e desenvolver o turismo no estado“.

Infos: Jefferson Severino

CLIQUE AQUI e acesse a Coluna Turismo Online