Turismo emprega mais de 70 mil pessoas na SerraSC

Serra Catarinense – O setor do turismo da Serra Catarinense é responsável por 74.273 postos de trabalho. A estrutura do setor nos 18 municípios da Amures compreende 227 meios de hospedagem oficiais, com 3.106 unidades habitacionais e uma oferta de 8.276 leitos.

Canion da Ronda – Mirante Norte, Bom Jardim da Serra

São alguns dos números revelados na devolutiva do Plano de Desenvolvimento Territorial da Serra Catarinense, na tarde desta quarta-feira (27). Por videoconferência, quase 50 pessoas entre gestores municipais de turismo, empresário e representantes de órgãos públicos como da Santur e Ministério do Turismo acompanharam o evento.

O consultor da empresa Girus Soluções em Turismo, Carlos Capellini, contratado pelo Sebrae foi o responsável pela condução do minucioso levantamento. E fez uma ampla explanação do diagnóstico e estratégias para o desenvolvimento integrado do turismo.

O estudo foi viabilizado através de uma emenda parlamentar de R$ 300 mil, da deputada federal Carmen Zanotto. O recurso foi captado através do Consórcio Intermunicipal Serra Catarinense, órgão da Amures em parceria com o Conselho Regional de Turismo – Conserra.

Capelinni falou como promover o desenvolvimento sustentável do turismo de modo a valorizar a interação e integração do turista com a região. Mostrou ainda, como fomentar o empreendedorismo e ampliar a qualidade da experiência turística e a qualidade de vida no destino.

O presidente do Conserra, empresário de Ponte Alta Eliseu Farias disse que um dos desafios é unir iniciativa pública e privada para trabalharem juntos no desenvolvimento do turismo. “Esse diagnóstico vai nos dar a argumentação necessária para unir essas forças e juntos formarmos uma grande corrente pela Serra Catarinense”, comentou Eliseu Farias.

Na apresentação o consultor revelou que a taxa de ocupação da rede receptiva da Serra Catarinense é de 59,95%, na alta temporada compreendida de junho, julho, agosto e final de ano. E de 37,84%, na baixa temporada, compreendida de setembro ao Natal e meio de janeiro até junho.

A assessora de turismo da Amures Ana Vieira coordenou a apresentação ajudou a responder perguntas dos participantes. E observou que cada município já tem seu próprio plano de desenvolvimento turístico. E que o Plano Regional, ainda terá de ser validado pelo Conserra e se constitui no documento mais completo já realizado acerca do turismo na Serra Catarinense.

Infos: Onéris Lopes