Cidades da SerraSC tem 6 toneladas de sal para derreter a neve

Neve na SerraSC – Com a possibilidade de nevar em Santa Catarina, não há mais vagas nos hotéis e pousadas na SerraSC, que estão com limite de 50% da ocupação por causa da pandemia. A Secretaria de Turismo estadual (Santur) e as prefeituras pedem que os turistas fiquem em casa e só busquem a região se tiverem garantia de onde ficar. Muitos pontos turísticos estão fechados para evitar aglomerações.

As autoridades estão preocupadas também com os riscos de acidentes nas rodovias. A Polícia Militar Rodoviária (PMRv) informou que tem cinco toneladas de sal disponíveis nos postos policiais nos municípios de Painel e Bom Jardim da Serra para derreter o gelo que acumular na pista. Ano passado foram usadas duas toneladas durante todo o inverno.

Além disso, a prefeitura de São Joaquim comprou 1,2 tonelada do produto para utilizar nas estradas e calçadas da cidade e reservou outros 1.250 quilos.

O prefeito da cidade, Giovani Nunes (PSL), chegou a informar em entrevista no fim da manhã desta quarta-feira (18 de agosto) que comprou 2,5 t de sal, mas corrigiu a informação por volta das 15h.

“Caso necessário, a gente já tem uma pré-reserva de mais 50 sacas, podendo chegar a 2,5 toneladas, de acordo com o evento. A pré-compra já foi feita, mas comprados e no nosso estoque agora são essas 50 sacas de 25 quilos cada”, disse.

“Nossa preocupação é principalmente com os aventureiros, que vêm para Serra sem ter onde ficar e acabam ficando ao relento ou à procura da melhor paisagem, da melhor foto e tem um risco muito grande com o congelamento das rodovias”, disse o prefeito de São Joaquim.

A cidade é uma das mais procuradas da região, segundo ele, porque em São Joaquim neva no Centro, enquanto que em outras cidades o fenômeno é mais comum nos pontos altos.