Neve na SerraSC: Previsão continua

Neve na SerraSC – A tão falada massa de ar polar forte chega a Santa Catarina no decorrer desta quinta-feira (20 de agosto). As temperaturas já estiveram baixas no amanhecer, com 3ºC em São Joaquim. Com o avanço do ar frio, no entanto, a menor temperatura do dia deve ocorrer no ínicio da noite.

Chance de neve

Neve em S Joaquim – Arquivo Mural

Na medida em que o ar frio se aproxima, a temperatura em altitude, onde temos as nuvens, vai caindo ainda mais. Junto com a umidade, traz a chance de neve entre quinta e sexta-feira, mas da seguinte forma:

– Noite de quinta até o amanhecer de sexta: cidades mais altas da Serra

– Madrugada de sexta até o início da tarde: Meio Oeste e Planalto Norte. Menor possibilidade, mas ainda com alguma possibilidade, no Alto Vale do Itajaí e cidades da Grande Florianópolis mais próximas da Serra.

Depois disso, a parte mais seca dessa massa de ar frio deverá predominar, afastando a chance de neve, sobretudo no fim de semana.

Pontos turísticos da SerraSC estão fechados

Quem for para a SerraSC na espera pela neve prevista para os próximos dias vai encontrar a maioria dos pontos turísticos fechados. Por causa da pandemia do coronavírus e dos decretos que proíbem as aglomerações na região, cidades como Urubici, Urupema e São Joaquim estão com pontos interditados e terão uma fiscalização mais rigorosa com os turistas.

Em relação à rede hoteleira, os municípios estão com lotação máxima entre 40 e 50%, e dentro dessa capacidade praticamente não há mais vagas na região para quinta (20 de agosto) e sexta-feira (21) – os dias com a previsão de neve. As prefeituras pedem que os turistas sem reserva não viagem para a região e evitem o “bate e volta” comum nessa época de turismo em busca da neve.

– Estamos realmente muito preocupados, toda a lotação de hospedagem está ocupada e não temos mais como receber ninguém. O pessoal tem pedido para vir com motorhome, e pedimos para que não venham. Por causa da pandemia os centros de turismo onde a gente podia fazer um acolhimento desses turistas de bate e volta estão fechados – destaca a secretária de Turismo de São Joaquim, Adriana Schlichting.

Nas praças de São Joaquim onde os turistas tradicionalmente passam a noite esperando a neve, a Polícia Militar vai montar pontos de fiscalização para evitar a aglomeração de pessoas. Não há previsão de bloqueios na entrada da cidade.

Em Urubici o Morro da Igreja, principal ponto turístico e um dos mais frios do Estado, está fechado desde o início da pandemia. O local é parte do Parque Nacional de São Joaquim, controlado pelo ICMBio, e o acesso está proibido.

O mesmo vale para a pequena Urupema, onde fica o Morro das Torres, que é tradicionalmente o ponto mais alto e frio de Santa Catarina. O acesso ao morro está fechado, assim como a “cascata que congela” que fica na cidade.

Outro ponto fechado é a Serra do Rio do Rastro, que além de local de turismo é um dos acessos aos municípios mais visitados da região. A rodovia passa por obras e o trânsito está liberado somente aos domingos e das 5h às 8h e das 17h às 20h entre segunda-feira e sábado. O mirante da Serra do Rio do Rastro, em Bom Jardim de Serra, também está com restrições.