Professores, verdadeiros heróis

por Suzi Aguiar

Neste dia do professor as comemorações tomam outra conotação. Os gestos de agradecimento que antes era apenas convenção, agora vem agregado ao sentimento de admiração. Talvez pela primeira vez no Brasil este sentimento é comum a milhares de pessoas.

A pandemia obrigou profissionais de muitas áreas a se reinventar. E os desafios são incontáveis. Entretanto, meu olhar se volta para a educação, sob meu ponto de vista, onde os prejuízos a curto e longo prazo sao maiores e os desafios mais intensos devido a quantidade de alunos envolvidos

sabemos que um percentual muito pequeno de professores usavam as tecnologias aplicadas a educação. Esta deficiência começa nos cursos de formação do. As aulas desta disciplina são insuficientes e com conteúdos inapropriados. E, foi neste contexto, que o ensino a distancia passou a ser a opção mais viável. Embora o numero de alunos no Brasil que não tem computador ou acesso a internet somam 4,8 milhões.

A necessidade de dar aula na modalidade a distancia foi um desfio muito grande para a maioria dos educadores Alem da necessidade de aprender num tempo muito curto, enfrentar a timidez em frente as câmeras trouxe problemas como a ansiedade e em consequência até depressão.

Mas não havia outro jeito, nem tempo para lamentações. Cada professor precisou mergulhar neste fazer pedagógico desconhecido. E, de maneiras mais ou menos eficientes as crianças tem tido aulas e o conhecimento não ficou estagnado. Mas é certo que nada vai substituir o olho no olho..

Também para os pais esta situação está sendo difícil. Ter os filhos sob sua responsabilidade em tempo integral, somados a necessidade de acompanhar sua aprendizagem pode ter propiciado outro olhar sobre os professores.

Minha esperança é que o reconhecimento e a admiração venham acrescidos finalmente, de valorização salarial.

Publicado em 15 de outubro de 2020.